O aprendizado contínuo da IA

Atualizado: Set 30

Se você não conhece sobre o aprendizado da Inteligência Artificial em processos de regulação, prossiga a leitura deste conteúdo, que explica como funciona na prática a atualização da ferramenta.

Ao desenvolver uma tecnologia para auxiliar a regulação de procedimentos e exames, como é o Autorizaí, uma de nossas maiores preocupações é manter a ferramenta sempre atualizada e em um ciclo de melhorias contínuas.

Com a incorporação de novos tratamentos e testes diagnósticos na operadora, é necessário que o Autorizaí seja capaz de integrar o novo conhecimento ao que já está estruturado. Isso pode parecer complexo, mas para a operadora pode ser feito de forma simples. Isso porque os cientistas de dados constroem a ferramenta para que ela seja capaz de ter esse aprendizado de forma automatizada, dependendo o mínimo possível de trabalho manual. Esse aprendizado retroalimentativo é também chamado de Machine Learning (ML).

Contexto Unimed

Desenvolvida exclusivamente para o Sistema Unimed, a ferramenta foi criada com a flexibilidade para incorporar as particularidades de cada singular/federação.

Como o Machine Learning funciona no Autorizaí?

Podemos usar o ML em diversas etapas no processo de autorização. Nas primeiras versões do Autorizaí, por exemplo, a ferramenta identificava padrões em dados históricos de autorizações e aplicava aos novos pedidos. Se a tecnologia aplicada fosse a de análise convencional dos dados, teríamos somente a incorporação de padrões também perceptíveis pelos médicos auditores. No entanto, o Machine Learning é mais avançado, considerando padrões que podem passar despercebidos por olhos humanos.

O uso de dados históricos propiciou uma acurácia altíssima para as aprovações, superior a 95%. Porém, ignorar o que entra no sistema dali em diante seria incoerente com o objetivo de manter a ferramenta relevante e atualizada. Daí vem a necessidade do aprendizado contínuo.

Quanto maior o volume de análises, mais conhecimento o Autorizaí absorve e seus resultados se tornam mais consistentes. E mais fascinante é a praticidade deste aprendizado, já que atualizações em diretrizes nas quais os auditores baseiam em suas análises técnicas - DUTs por exemplo - são incorporadas na inteligência do Autorizaí de forma automática.

Os auditores são excluídos do processo?

Muito pelo contrário, se tornam ainda mais relevantes, uma vez que a ferramenta se baseia nos resultados dado por auditores. E como parâmetros podem mudar, o Autorizaí estará sob constante supervisão de humanos para garantir que os padrões estão sendo seguidos. É uma oportunidade de aproveitar a expertise dos médicos, que pode estar sendo sucumbida pelo alto volume de demanda em tarefas repetitivas.

E como implementar o Autorizaí na sua Unimed?

O banco de dados é usado para as predições e conforme novas autorizações ou negativas acontecem, nosso sistema coleta e compara resultados do modelo ao resultado de análises de auditores. Assim, o Autorizaí se mantém cada vez mais atualizado e propicia estimativas cada vez mais robustas. E, após o período de implementação inicial, basta que os auditores façam 5% das aprovações seguintes para que a ferramenta continue aprendendo e aprimorando cada vez mais seus níveis de acurácia.

O processo de auditoria é complexo e impacta em diversos níveis do cuidado em saúde. A inteligência artificial promete facilitar a operação, mas para isso é necessário ter estratégia e identificar as prioridades corretas. Portanto, antes de tudo, devemos definir quais áreas serão priorizadas e quais os objetivos a curto, médio e longo prazo. Assim, conseguimos traçar o melhor plano de ação. Lembrando que os dados usados para o modelo são de armazenamento obrigatório pelas normas da ANS e toda operadora de saúde tem as informações necessárias para se beneficiar da solução.

Experiência do Paciente

O Autorizaí é focado na autorização de procedimentos; atualmente, estamos desenvolvendo um score para negativas cujo objetivo será colaborar na priorização de casos para análise detalhada pelos auditores. Assim, casos de maior relevância para o paciente e para a operadora terão a resposta com mais agilidade e assertividade.

Faça um teste gratuito

O uso da IA é de grande importância, além de ser uma tecnologia que auxilia instituições de saúde a oferecerem o melhor atendimento, proporciona mais agilidade e precisão nesse processo. Nossa solução impulsiona sua produtividade, auxiliando-o a controlar custos com mais eficiência. Quer conhecer mais sobre o Autorizaí? Agende uma reunião!