Tomar decisões estratégicas no menor tempo possível é uma característica de empresas preparadas para os desafios do mercado de saúde.

A solução para automatizar o processo de regulação de procedimentos

Pacientes que esperavam até 3 semanas para receber autorização, passam a recebê-la em segundos.

Modelo Original
Até 3 semanas

Pedido de autorização recebido

Operadora decide em até 3 semanas se irá autorizar (prazo ANS)

O médico auditor analisa a procedência da solicitação

 (histórico, diagnóstico, etc)

até 3 semanas

 

Se for negado, deverá seguir o protocolo estabelecido pelas regras da ANS para evitar o risco de judicialização.

Autorizaí
Segundos

Pedido de autorização recebido

Análise feita imediatamente pela Inteligência Artificial

Se a IA encontra um padrão com confiança acima de 95%, o procedimento é autorizado automaticamente.

 

Caso contrário ou o procedimento seja negado pela IA, a solicitação segue para análise dos auditores (processo original), a fim de evitar riscos com procedimentos mais complexos e no processo de negativa.

Hoje, 50% dos pedidos de autorização que passam pelo Autorizaí são resolvidos sem a necessidade de um auditor. 

Resultados para o gestor

Agilizar autorização de procedimentos mais simples - que são o maior volume -, para que os auditores estejam focados em solicitações com maiores riscos de negativa e de judicialização.

Custo-efetividade: com os auditores focados em procedimentos mais complexos, o processo se torna mais eficiente, ágil e econômico.

Resultados para o paciente e para a equipe de saúde

Com o AutorizaÍ, a análise e a autorização demoram alguns segundos, com isso a angústia do paciente ao esperar é abreviada, melhorando sua experiência durante a jornada de cuidado.

Valorização dos auditores

Com os procedimentos mais simples resolvidos pelo Autorizaí a equipe de auditores pode se dedicar a casos mais complexos e estratégicos, como por exemplo, exames caros, que não geram valor pro paciente e podem até ser invasivos.