Como a Inteligência Artificial transforma a experiência na saúde

Atualizado: Out 4

A tecnologia é uma aliada e a autorização de procedimentos através da inteligência artificial é um exemplo. Pode impactar muito na qualidade de vida dos pacientes, trazendo agilidade e economia para as instituições de saúde.

mão esquerda segurando uma apple pen apontando para um cérebro de conexões tecnológicas nas cores amarelo e laranja.
O potencial da IA na saúde é gigante e estamos apenas no começo

O que é inteligência artificial?

São redes neurais artificiais, algoritmos, sistemas de aprendizado, que permitem que um sistema consiga aprender conceitos. Para que isso aconteça, eles são abastecidos por uma grande quantidade de dados, possibilitando o aprendizado e a ampliação dos seus conhecimentos e capacidades.


Projetados para realizar tarefas de modo automatizado, ao mesmo tempo racional, onde algoritmos por trás desses sistemas aprendem com o tempo e, ao lidar com uma massa de dados tornam os processos cada vez mais assertivos e refinam seus protocolos e eficácia.


Na saúde, a inteligência artificial (IA) tem sido uma grande aliada na transformação digital, pela alta capacidade de analisar dados e auxiliar nas experiências de pacientes, tornando decisões mais ágeis e reduzindo desperdícios.


Confira algumas oportunidades através do uso da IA:

Aumento da produtividade e custo-efetividade

  • Redução do tempo investido em tarefas repetitivas.

  • É possível automatizar uma série de execuções e processos.

  • A partir da leitura em tempo real de milhares de informações, a máquina é capaz de tomar decisões, predizer e encontrar padrões que são bem sutis aos olhos humanos.

  • Melhoria da qualidade das decisões em saúde: a partir da inteligência de dados, é possível comparar resultados entre diferentes instituições e profissionais de saúde, a fim de identificar oportunidades de melhorias

Melhora da experiência dos pacientes

  • Na autorização de procedimentos, a IA pode realizar uma análise simples em até 3 segundos. Enquanto isso, médicos auditores podem focar nas análises mais complexas e subjetivas, a fim de aprimorar as decisões tomadas.

  • Assim, os profissionais podem focar diretamente na qualidade do atendimento, reduzindo tempo de espera, filas e tornando a adesão aos tratamentos cada vez mais eficientes.

As soluções de inteligência artificial, de fato, aumentam a competitividade no mercado de saúde e a pandemia escancarou o quanto podem ficar para trás as instituições que não conectam e inovam. Além disso, a tecnologia facilita ao dar conta de processos morosos e burocráticos para que cuidemos ainda melhor das pessoas.


Saber mais sobre a Inteligência que possibilita 92% de automatização de auditoria nas Unimeds



O avanço da Inteligência Artificial na saúde

Para os estudantes de Medicina, há uma procura maior em cursos extracurriculares e até programas de pós-graduação focados em IA na Medicina. A tendência aumenta ao passo que estudos mostram o avanço da medicina em 5 áreas usando a inteligência artificial:

  • Tratamento de doenças

  • Precisão dos resultados de exames

  • Diagnósticos de doenças por associação de sintomas

  • Recuperação de dados

  • Alerta sobre o quadro do paciente com detecção de alterações no padrão de saúde.

Abaixo, listamos alguns exemplos de aplicação da tecnologia:


Suporte ao diagnóstico

  • Associação e análise de correlação de sintomas

  • Reconhecimento e tratamento de imagens e sinais

  • Análise e resumo das últimas descobertas científicas para cada doença

Monitoramento de pacientes

  • Viabilização de dispositivos para coleta de dados médicos (relógios, colares, etc)

  • Tratamento da alta volumetria de dados capturada

Personalização da medicina

  • Análise personalizada de sinais vitais

  • Tratamento personalizado

  • Consideração de histórico pessoal e familiar.

  • Dosagem personalizada de medicamentos

Utilização de robôs em cirurgias

  • O uso de robôs permite cirurgias mais precisas e menos invasivas, que resultam em melhores resultados inclusive na recuperação.

Desenvolvimento de novos medicamentos

  • Simulação de proteínas e medicamentos e conseguir prever sua possível eficácia, diminuindo drasticamente o tempo de desenvolvimento de novas formas de tratamento.

Sumarização de informação

  • IA permite que um médico se mantenha atualizado ao buscar as informações relevantes para sua especialidade em diversas línguas e países e apresentá-las de forma resumida e de fácil consumo.

Aumento da produtividade

  • A medicina é composta por diversos processos, muitas vezes repetitivos, que poderiam ser automatizados com o uso de IA, aumentando sua performance e melhorando o tempo de resposta ao paciente.

Telemedicina

  • Com avanços de tecnologia é possível ter uma consulta remota com uma qualidade cada vez mais próxima de uma consulta presencial.

Tem interesse em aprender mais sobre inteligência artificial? Nosso blog tem muitos conteúdos feito por uma time especializado. Clique no botão abaixo e desfrute.