Por que sua empresa deve ser um exemplo de digitalização da saúde?

O setor de saúde foi obrigado a se reinventar durante a pandemia: o contato humano, pilar da conduta médica, foi impossibilitado em muitos cenários. Hospitais e empresas da saúde que contavam com mais recursos tecnológicos e digitalização saíram na frente

A atenção foi comprometida por um aumento nunca antes visto da demanda por leitos de internação e terapia intensiva. Na auditoria não é diferente: quando as primeiras operadoras começaram a automatizar alguns processos, médicos auditores e profissionais da gestão das operadoras tiveram certa relutância. Afinal, a auditoria é um processo que demanda conhecimento especializado e avaliação cuidadosa dos pedidos.

Mas por onde começaram?

Antes de mais nada, automatizaram o que poderia ser automatizado. Muitas tarefas - a escuta, a tomada de decisão compartilhada e tantas mais - só podem ser realizadas por humanos.

Mas demandas que oneram o tempo precioso do profissional de saúde- como a organização, síntese e análise de dados, o processamento de pedidos médicos e até processos contábeis - podem ser muito agilizados através de tecnologia.

E quais os benefícios extraímos com a digitalização?

Atendimento humanizado

Com essa comodidade, é possível que a operadora e o prestador possam se dedicar com o que realmente importa: oferecer o cuidado mais humanizado ao paciente e resolver os gargalos do sistema, agilizando o que pode ser agilizado e melhorando a experiência do paciente.

Segurança

Além disso, a digitalização vem para trazer segurança: com o armazenamento de dados na nuvem e múltiplas etapas de proteção no preenchimento e na manutenção dos dados, os dados do paciente sofrem muito menos risco de serem perdidos ou vazados. Consultar um prontuário no computador certamente é muito melhor do que procurar manualmente o documento daquele paciente, ler, ver uma referência a uma consulta anterior, ter que procurar novamente.

Precisão das informações

Mais ainda, o dado digitalizado não se desgasta como seria com o papel. Com o armazenamento na nuvem e os certificados digitais, é possível saber quem fez cada alteração em um determinado documento em cada momento. Assim, é possível buscar quem inseriu um dado para esclarecer dúvidas e discutir o caso daquele paciente.

Como se destacar?

Conforme a empresa amadurece na coleta e no armazenamento de dados, torna-se possível que, com a estruturação dessas informações, modelos de predição sejam construídos para auxílio ao diagnóstico, prognóstico e tomada de decisão, como é o caso do Autorizaí, produto da Triágil voltado para a auditoria médica. Nele, com base no histórico de autorizações de uma operadora, predizemos quais solicitações de exames e procedimentos devem ser autorizados.

Assim, médicos que antes executavam funções repetitivas e automatizáveis passam a dispor de tempo para se dedicar a questões que exigem mais atenção. Mais ainda, pacientes passam a esperar menos para ter seu diagnóstico ou tratamento.

É a tecnologia melhorando a experiência de todos os que podem ser ajudados ao mesmo tempo que aumenta a margem da operadora, diminui judicializações e aumenta a qualidade do atendimento.