Buscar

Como traçar metas adequadas à realidade do seu Hospital

Atualizado: Abr 22

Mais do que medir os desfechos, é importante que cada hospital tenha referenciais e metas de performance.



As metas de performance são fundamentais para medição dos desfechos clínicos. Elas podem ser estabelecidas:

  • Em relação ao histórico do hospital, considerando programas internos de melhoria em aspectos específicos. O melhor exemplo é a CCIH (Comissão de Controle de Infecção Hospitalar)

  • Ou até mesmo comparações em relação à literatura. Por exemplo, ao comparar a mortalidade de uma doença em um centro com a dos artigos mais relevantes na área, é possível saber se o hospital está deixando a desejar ou se faz algo que leva a performar melhor.

Porém, tanto as medidas exclusivamente internas quanto a comparação com a literatura apresentam lacunas. Enquanto as métricas de qualidade apontam mudanças que podem ser resultado do trabalho das equipes ou de causas externas, a comparação com a literatura não leva em conta o contexto em que o hospital está inserido.


Por isso é importante que, além de medir os desfechos, seja possível comparar a performance com centros cuja realidade é mais próxima do seu.


Pensando nisso, a Triágil está desenvolvendo de forma integrada ao programa de coleta e análise de desfechos uma solução que possibilita o benchmarking entre hospitais - podemos comparar os resultados de instituições da mesma operadora, por exemplo, ou da mesma cidade.


Tudo isso é feito de forma anonimizada: você sabe como o seu hospital está performando em relação aos similares e/ou concorrentes, mas os gestores de um centro não possuem acesso aos indicadores do outro. Dessa forma, estimula-se uma busca pela melhoria da qualidade do cuidado e, ao fim, o beneficiado é aquele com quem a gente mais se importa: o paciente.